quinta-feira, maio 15, 2008

Turismo em Portugal cresce 9%

O turismo em Portugal parece ser um dos poucos sectores a escapar à crise geral que desvasta o país. Porém se é verdade que este ainda possui muitos atractivos que impelem a visita de estrangeiros, também é verdade que, à custa de PIN'S (Projectos de Interesse Nacional, que permitem construir em reservas e locais protegidos), falta de planeamento urbanístico e ordenamento do território e outras coisas que tais, a delapidação do ambiente, dos recursos, da paisagem e do património não pára. E assim, aquela que poderia ser uma das poucas tábuas de salvação está também em perigo. Não será despiciendo aqui referir que o Algarve também teve um aumento exponencial de turistas estrangeiros e que agora, se não fosse o aumento dos portugueses que cada vez mais procuram as praias algarvias, a recessão já se teria iniciado...

2 comentários:

Campelo de Sousa disse...

Um triste Ministro que não conhece as Leis do seu próprio País !!

Eu penso que a ignorância cresceu mais em Portugal que o turismo senão vejamos :

A Assembleia da República (Ministros incumpridores incluidos),aprova uma Lei que proibe o fumo do tabaco num simples café, ainda que este tenha portas e janelas abertas.

Vem agora estes pobres ministros e governantes cair no ridiculo dizendo que desconheciam a Lei, pensando eles coitados que dentro de um avião com portas e janelas fechadas podiam fumar á vontade !!

Que vergonha !!! esta saída nem ao diabo lembra !!! Mas que governantes são estes que hoje aprovam uma Lei e amanhã vem com toda aquela descaradeza dizer que desconheciam a Lei !!!

Depois, vem ainda os Deputados da Assembleia da República, oferecerem um Jantar a alguem, cuja justiça desportiva acabou de julgar e condenar por ter ido á missa duas vezes !!!

Em Portugal apenas tem crescido, o Crime sem castigo a corrupção,e o oportunismo politico.

Estamos num Portugal sem Rei nem roque !!!

http://campelodeSousa.blogspot.com
http://montão.blogspot.com

Cerveira Pinto disse...

Caro Campelo de Sousa
Que mais poderei eu acrescentar às suas palavras?...Infelizmente, creio que tem a razão do seu lado.
Obrigado pela sua participação e até breve
Manuel da Cerveira Pinto