quarta-feira, agosto 18, 2010

"Há Festa na Aldeia"















O filme homónimo do genial Jacques Tati é o mote, em jeito de homenagem, para anunciar a festa de Boassas, que tem lugar durante este próximo fim de semana.

8 comentários:

Tiago Teixeira disse...

Aleluia alguma coisa a promover Boassas, neste caso a grandiosa festa de Boassas em Honra de Nossa Srª da Estrela

Cerveira Pinto disse...

Caro Tiago
Desculpe mas tenho que discordar porque a maior parte (cerca de 80%) do que é escrito e publicado neste espaço é a promover Boassas. Esse é, inclusive, um dos obectivos e intenções principais deste blogue, que as mais de 50.000 páginas vistas confirmam como veículo bem sucedido de promoção e divulgação. O que me parece lamentável é que as pessoas da aldeia tão pouco façam pela sua promoção e divulgação, já que não seria difícil, por exemplo, terem-me enviado o programa das festas. Obrigado por ter participado neste espaço e volte sempre.

Tiago Teixeira disse...

caro Cerveira Pinto,

Desculpe mas tenho de discordar mais uma vez de si. Não percebo por exemplo aqueles artigos da " Poluiçao Sonora", sao coisas que me poe triste e chatiado, porque o sr vem para um blog que promove Boassas "maltratar" algumas pessoas da terra, eu inclusivé, para mim isso e lamentavel. Quanto a nao terem enviado o programa das festas foi um lapso mas fica desde ja combinado que para o ano enviaremos o cartaz da Festa em _Honra Nossa Senhora Da Estrela 2011

Cerveira Pinto disse...

Caro Tiago
Não tem que pedir desculpa por discordar. É salutar que se discorde, desde que de forma elevada e educada, por isso agradeço o seu comentário. Lamento se o ofendi, e peço desculpa, pois nunca foi minha intenção fazê-lo, muito menos de forma pessoal, já que nunca referi o nome de ninguém. Apenas exprimo a minha opinião, como penso que qualquer pessoa terá direito a fazer. Inclusive publico aqui opiniões discordantes da minha. A questão da poluição sonora é um facto, já que os níveis de ruído à minha própria porta são altíssimos (muito acima do que é permitido por lei)... impedindo-me de estar em casa, de receber visitas, ouvir música, ou descansar...e, de facto, não entendo como pode isso ser considerado benéfico para a aldeia, bem pelo contrário, até porque eu já vi visitantes a irem embora por causa do barulho e outros (estrangeiros) a perguntar se a igreja é uma mesquita!!!...
Por isso, lamento, mas penso que haverá formas bem mais interessantes e cativantes de enaltecer e promover a aldeia. Se reparar com atenção verá também que já noutros anos foi aqui divulgado o programa da festa de Boassas, pelo que apenas agradeço a atenção que tiver em enviar o mesmo, pois seguramente que será publicado. Para finalizar, recordo que existe uma associação local (em actividade) que tem mais associados de fora de Boassas do que da própria aldeia, o que é significativo do interesse que os habitantes têm pela sua própria terra... Enfim, espero que acredite que nada tenho contra a festa de Boassas, bem pelo contrário, apenas creio que é possível melhorar e tornar o evento mais apelativo, sobretudo para quem é de fora e nos visita, já que isso será, sem dúvida, muito bom para a aldeia e seus habitantes. Obrigado, mais uma vez, pela sua participação. Volte sempre.

Sónia Constante disse...

Muito boa tarde.
O lapso de não entregar o cartaz da festa é meu visto fazer parte da APOBO e da comissão de festas mas sinceramente passou me por completo e como uma vez foi apelidado como "medíocre" não pretendia voltar a ler comentários idênticos, visto o cartaz ser similar. Mas como volto a fazer parte da comissão de festas de 2011 vou tentar não me esquecer e enviar o cartaz. A festa rege-se por tradições como baile, fogo-de-artifício, procissão, missa e sermão e claro o reportório de 2 Bandas durante a tarde de domingo e claro não esquecendo o momento especial do descer das bandas.
Quero salientar que a festa é muito mais que barulho e como uma vez disse existem imensos a amar a nossa festa. E não podemos esquecer que a festa só é possivel devido a ajuda que o povo nos dá, assim a festa é feita por eles e devido a eles. A todos que contribuiram um obrigado de toda a comissão de festas de 2010.
A festa decorreu sem incidentes e quero salientar que a nossa festa rege-se pela legalidade visto que temos licenças nas várias entidades competentes.
Sou de Boassas com orgulho e faço a festa para uma terra que amo e também para um povo que apreendi amar com todo o meu coração.
Um abraço Constante.

Cerveira Pinto disse...

Olá Sónia
Bom...penso que há alguma confusão. Não há que confundir o cartaz com o programa. São coisas diferentes. O cartaz, de facto, dificilmente será publicado, já que, é um facto, a sua qualidade é geralmente "medíocre", evidenciando falta de conhecimentos de desenho; de design gráfico e estéticos. No entanto, e à semelhança do que já sucedeu anteriormente, terei todo o gosto em publicar o programa do evento. Obrigado pela participação e até breve.

Tiago Teixeira disse...

Boa Tarde,
Ja reparei que para o senhor qualquer coisa da festa ou é mediocre ou é uma "parolice", Nao consigo compreender isso. Sinceramente isso degrada-me bastante, mas veja e preste atençao a quantidade de pessoas que visitam a nossa linda e adorada aldeia nesse fim de semana, por isso deixo aqui uma sugestao e sugiro que exponha neste blog, se o entender, videos do Domingo da nossa festa, presentes no Youtube com o Nome de Boassas 2010. Estes videos foram postos la pelas bandas que estiveram presentes este ano na festa e que por acaso ficaram apaixonados pela tradiçao da nossa festa no domingo de tarde.

Obrigado e ate breve,

Anónimo disse...

Boa Noite
Parabéns pelo Blog que acabei de descobrir. Eu conheço a aldeia de Boassas por parte da minha esposa que nasceu na vossa aldeia. Gostei muito da festa da nossa Senhora da Estrela que acho peculiar e muito divertida, a comparação com "a festa da Aldeia" de Jacques Tati é pertinente e adequada... pretendo estar atento ao teu blog nunca é de mais promover e proteger o nosso património cultural,religioso,arquitectónico e ecológica. Nós somos fruto das nossas origens e devemos respeitar isso.

Obrigado
Domingos Moutinho