segunda-feira, janeiro 16, 2006

Defensores do Vale do Bestança?...de Boassas?...de Cinfães?...

Na revista da Câmara Municipal de Cinfães do passado mês de Dezembro fomos surpreendidos (ou talvez não) por uma informação publicada na pág. 34, onde são notíciadas as deliberações camarárias que diz o seguinte:
«08.2 - Património cultural, paisagístico e urbanístico. Projecto de cooperação Leader + - "Dinamização dos territórios rurais de Entre Douro e Minho e Douro-Sul": - A DOLMEN informa que está a desenvolver um projecto para a dinamização das Aldeias com potencial turístico da zona de intervenção do programa LEADER +. Nesta primeira fase a aldeia do concelho de Cinfães a fazer parte do projecto será a aldeia de Boassas, na freguesia de Oliveira do Douro. Solicita ainda um apoio financeiro no montante de 500,00 € para que possa suportar as despesas inerentes ao financiamento do projecto. Foi deliberado, por maioria, financiar no montante de 500,00 €, com a abstenção dos Vereadores Eng.º Manuel Pinheiro e Dr. Jorge Ventura, por entenderem que este pedido da Dólmen é pouco credibilizante e por desconhecimento dos pormenores do mesmo.»
Logo a seguir uma proposta para apoiar a Junta de Souselo com 3.000 € é aprovada "por unanimidade"....
É elucidativo, é triste... e não augura nada de bom para Boassas que venha desta vereação!...

2 comentários:

Anónimo disse...

Que especial substância teria o projecto de Souselo para merecer 3.000 euros? Octávio Lima (ondas3.blogs.sapo.pt)

APOBO disse...

Caro Octávio
Posso acrescentar que o apoio a Souselo é, segundo a mesma notícia, para fazer face às despesas do evento "Mês cultural-Setembro 2005". Óbviamente não estamos contra a atribuição deste subsídio, o que não entendemos é porque motivo surgem estas "dúvidas" relativamente a Boassas. Basta dizer que foi através da "Dólmen" e com o apoio da Associação Por Boassas, que Boassas foi classificada como "Aldeia de Portugal". Enfim... nada a que já não estejamos habituados.
Obrigado pelo seu comentário e felicidades para o seu "Ondas", que aproveito para elogiar (é de consulta quase diária).
Abraço
Manuel da Cerveira Pinto