terça-feira, maio 05, 2009

Redução das coimas ambientais volta a ser notícia no "Público"

Desta vez é manchete. O artigo de Ricardo Garcia no Público intitula-se
"Redução das coimas: por infracções ambientais pode chegar aos 84%"
Que interesses estarão por detrás disto?... Isto já não é um Governo... É uma anedota!

2 comentários:

Paulo J. Mendes disse...

A função do ministério do ambiente não é defender o ambiente, mas sim arranjar maneiras de o ambiente não chatear muito.
Talvez não fosse má ideia substituir o respectivo ministro por uma jarra florida: Cumpria na mesma o seu papel decorativo, mas fazia-o com mais elegância e cheirava melhor.

Cerveira Pinto disse...

Caríssimo Paulo
Subscrevo essa ideia!...Além do mais poupava-se muito dinheiro dos nossos impostos!
Abraço
Manuel