sexta-feira, abril 25, 2008

O desastre dos biocombustíveis... ou como nem tudo o que parece verde é!

Os biocombustíveis são um desastre ambiental, estão a agravar a fome no mundo e a contribuir ainda mais para ao aumento do efeito de estufa. Há já regiões do mundo onde se têm verificado revoltas pelo aumento generalizado dos cereais.
"(...) Se os biocombustíveis não podem ser produzidos em habitats virgens, ficam confinados à terra agrícola existente o que significa que sempre que enchermos o depósito do carro estaremos a tirar comida da boca das pessoas. Isto, por sua vez, vai conduzir ao aumento do preço da alimentação, o que estimula os produtores a destruir os habitats selvagens – florestas e tudo o resto – para os produzirem. Poderemos ficar descansados com a moralidade das nossas leis, mas os impactos vão ser os mesmos. Não há saída para isto: num planeta finito com alimentos limitados ou competimos com os famintos ou cultivamos mais terras. (...)"
Excerto de um texto de George Monbiot
Publicado no jornal GUARDIAN a 12 de Fevereiro de 2008 (clicar para ler texto completo)
O tema é amplamente comentado e debatido no BIOTERRA

2 comentários:

Campelo de Sousa disse...

BIOCOMBUSTIVEIS NÃO!!

Não deixo de concordar com aquilo que atras foi dito, embora a minha opinião seja um pouquinho diferente .!
Não sendo eu nem querendo ser o dono da verdade, penso que o poder globalizador da sociedade moderna, pouco ou nada se importa com a fome, nem tão pouco com os efeitos de estufa.
Afinal o que procuram os grandes grupos economicos ? Não será a obtenção do lucro fácil e criação de riqueza venha ela do fundo do mar ou do tronco de uma árvore !!!
Mas que importará a fome ou a falta de oxigénio aos países ricos ?
Quem souber que responda !
Agora, quanto á moralidade das nossas Leis, isso è melhor não comentar sequer,já que as Leis actuais servem apenas para proteger os criminosos e desproteger a própria vitima.
Os mais fortes continuarão a ditar as LEIS aos Legisladores, e os mais fracos continuarão, a ser vitimas das injustiças da própria LEI.!
Se continuarmos a destruir oa habitats naturais, a destruir as florestas virgens ou não, caminharemos sem tabua de salvação para o abismo !!!
Mas nessa altura, os mais fracos terão a companhia dos mais fortes para o abismo !
È que o oxigenio acabara para todos os seres vivos, para os fortes, para os fracos, para os ricos e para os pobres !!!
Campelo de Sousa
http://campelodesousa.blogspot.com
http://montao.blogspot.com

cerveira pinto disse...

Caro Campelo de Sousa
Embora um pouco tardiamente aqui ficam duas palavras sobre o seu comentário. Não me parece que a sua opinião seja diferente da que é expressa. Pelo contrário, é precisamente da mesma forma que vemos as coisas. A fome aumenta no mundo porque as pessoas apenas olham para o seu umbigo. O mundo ocidental está enste momento a viver, literalmente, à custa do terceiro-mundo... Enquanto a sociedade do consumo e do desperdício engorda todos os dias, os pobres aumentam exponencialmente . E isto acentua-se todos os dias! Enfim...
Obrigado, mais uma vez, pela participação neste espaço e até breve.
Manuel da cerveira Pinto