quarta-feira, março 30, 2005

Inacreditável

É inacreditável o que está a acontecer em frente às Cinco-Rodas, do outro lado do Bestança. Sucedem-se terraplanagens que tudo destroem, supomos que para fazer vinha... Até a própria estrada está em risco. Avisamos a câmara, mas o resultado, já se sabe, é sempre o mesmo. Isto já seria grave só por si, mas passa a ser inacreditável e inaceitável quando, após consulta na câmara das cartas de ordenamento (!!??), PDM e POARC, o local é, segundo o primeiro "RESERVA AGRÍCOLA COINCIDENTE COM RESERVA ECOLÓGICA" e mediante o segundo "FLORESTA DE PROTECÇÃO"... Para que servem estes planos, onde se gastam milhares de euros, se não se fazem cumprir? Para que servem tantos funcionários? Quem nos protege destes atentados? Isto está assim a saque?... Não seria suposto a Associação para a Defesa do Vale do Bestança ter uma palavra a dizer sobre isto?...

4 comentários:

Anónimo disse...

Que tal deixar de usar o Bestança para auto-promoção pessoa e política?

Deixe-se de críticas e ataques e faça algo!

Sofia Beça disse...

Porque será que este comentário não está assinado?
Sofia Beça

APOBO disse...

Caro Anonymous
O "boassas" começa a fazer mossa... Ainda bem. É sinal de que somos lidos. Claro que não é suposto que todos nos apreciem e concordem com as nossas opiniões, mas..."auto-promoção pessoa e política" (sic)???? Inicialmente até nos assustámos. Que espécie de terrível ameaça seria esta? Mas, acabamos por verificar que foi apenas o mau entendimento ou deficiente leitura que originou esta "notável figura de estilo". Vamos explicar: a APOBO é uma associação de desenvolvimento local, aliás como aparece referido logo no início do nosso humilde "blog", por isso não faz promoção pessoal de nenhum dos seus elementos. Também não nos escudamos atrás de nomes falsos ou pseudónimos e os elementos constitutivos desta associação estão logo mencionados no segundo artigo deste "blog". Ao contrário de outras associações, nenhum elemento dos órgãos directivos desta colectividade é candidato ao que quer que seja nas eleições que se avizinham. Pelo que, por aí, pode o Sr. "Anonymous" estar descansado. Quanto à questão que dá o mote à verborreia apresentada, aconselhamos a leitura do artigo datado de 9 de Junho intitulado "A Bestança Mágica". De facto e mais uma vez ao contrário de outras associações, denunciamos não só publicamente os atentados contra o património da região e contra o rio Bestança, como reclamamos também, formalmente, para os organismos competentes. Ou seja: "fazemos algo" (Ambrósio...). E vamos continuar, esteja sossegado... Não somos candidatos políticos; não dependemos de ninguém; e também nada devemos... Por isso temos este à vontade em criticar. Privilégios da isenção e independência... Aproveitamos para voltar a afirmar que achamos profundamente lamentável que organismos que supostamente deveriam estar atentos a este tipo de acções, que atentam contra a própria legislação e, por conseguinte, contra os próprios direitos dos cidadãos, que lesam o património, o meio ambiente e o Bestança, nada façam e permaneçam "mudos e quedos"...
Ainda por cima entendem críticas devidamente fundamentadas como "ataques"... Ataques porquê, a quê, ou a quem? Qual é o medo afinal?
Para finalizar, e tal como já mencionámos a propósito de outros comentários, não podemos, como é lógico, assegurar a participação de leitores anónimos nos comentários deste blog...
Obrigado.

APOBO disse...

Caríssima Sofia
Entendemos que óbvio o porquê do comentário não estar assinado, assim como é legítima e óbvia a sua questão!
Mantemos a postura tolerante e damos o benefício da dúvida...
Oxalá nos enganemos...