quinta-feira, março 31, 2005

A Arribada


A Arribada, segundo fotografia da autoria do repórter Fernando Ferreira. É a zona mais antiga de Boassas. O seu nome aparenta ter origem no termo árabe "ribat", pequena fortificação de fronteira, em que o guerreiro muçulmano se recolhia para cumprir o seu dever de "jhiad" (guerra santa)... (Ver o livro "O Douro no Garb al-Ândalus", de Manuel da Cerveira Pinto)

quarta-feira, março 30, 2005

Inacreditável

É inacreditável o que está a acontecer em frente às Cinco-Rodas, do outro lado do Bestança. Sucedem-se terraplanagens que tudo destroem, supomos que para fazer vinha... Até a própria estrada está em risco. Avisamos a câmara, mas o resultado, já se sabe, é sempre o mesmo. Isto já seria grave só por si, mas passa a ser inacreditável e inaceitável quando, após consulta na câmara das cartas de ordenamento (!!??), PDM e POARC, o local é, segundo o primeiro "RESERVA AGRÍCOLA COINCIDENTE COM RESERVA ECOLÓGICA" e mediante o segundo "FLORESTA DE PROTECÇÃO"... Para que servem estes planos, onde se gastam milhares de euros, se não se fazem cumprir? Para que servem tantos funcionários? Quem nos protege destes atentados? Isto está assim a saque?... Não seria suposto a Associação para a Defesa do Vale do Bestança ter uma palavra a dizer sobre isto?...

Placas toponímicas

Com a ajuda da Junta de Freguesia e do Zé Sousa (do moínho), estão finalmente colocadas as placas toponímicas resultantes do "I Encontro Internacional de Ceramistas em Boassas". Temos assim identificados os seguintes locais: "Caminho da Calçada" (Arcádio Blasco, junto ao fontenário e Rute Marcão, ao cimo da povoação); "Caminho da Arribada" (Sofia Beça, ao fundo do caminho e Ysuyuki Yse, junto à capela); "Largo do Casal" (Rafael Pérez e Fernando Malo); "Largo da Roseira" (Javier Fanlo, ao fim do caminho do Fundo-da-Rua); "Rua de Serpa Pinto" (Kaori Yamauchi, na entrada da povoação, junto às Alminhas e Rafael Pérez e Fernando Malo, no café do Sr. Fernando Gregório, junto ao cruzeiro). Assim que pudermos tentaremos mostrar fotografias. Muito obrigado aos ceramistas. Boassas está mais rica e mais bonita...

terça-feira, março 29, 2005

segunda-feira, março 28, 2005

Quem somos...

A Associação Por Boassas [APOBO] foi criada no ano passado. As primeiras eleições realizaram-se em Dezembro e a direcção eleita é constituída pelos seguintes elementos:
Direcção
- Presidente - Manuel dos Santos da Cerveira Pinto Ferreira
- Secretário - Paula Alexandre Baptista Carneiro Dias
- Tesoureiro - Maria Alice Conceição Santos da Cerveira Pinto
- Vogal - Maria Dolores Amaral da Silva
Assembleia Geral
- Presidente - Manuel da Cerveira Pinto Ferreira
- Vogal - Maria Berta do Amaral Cardoso
- Suplente - Nascimento de Almeida Tendais
Conselho Fiscal
- Presidente - Maria da Conceição Baptista Loureiro Dias
- Vogal - Fernando Calhandro Monteiro
- Suplente - Sónia Constante
A ideia, obviamente, é lutar pelo desenvolvimento e preservação da aldeia de Boassas e zona abrangente (envolvente), nos seus mais variados aspectos. Os estatutos estão disponíveis e podem ser fornecidos assim que formalmente solicitados.
Neste momento a APOBO tem já algumas actividades no seu curriculum, nomeadamente:
- Ajudou a ceramista Sofia Beça a realizar o tão bem sucedido "I Encontro Internacional de Ceramistas em Boassas"
- Formalizou a candidatura da aldeia às chamadas "Aldeias de Portugal", estando-se, neste momento a aguardar o resultado.
- Formalizou também a candidatura às chamadas "Rotas de Cerâmica", estando já, neste momento a integrar este projecto, conjuntamente com a ceramista Sofia Beça.
- No próximo dia 1 de Abril, Boassas e a APOBO vão receber o Sr. Frits Schuitemaker, coordenador na Holanda do projecto "Villages of Tradition".
Por agora é tudo. Até breve.

sábado, março 26, 2005

Boassas

Boassas é uma pequena aldeia localizada no concelho de Cinfães, próximo do rio Douro e junto à foz do Bestança. Este é um espaço que pretende dar a conhecer a aldeia e a sua associação local.